domingo, 7 de dezembro de 2014

Era um amor platônico. Um morava na lua, o outro em qualquer lugar do espaço que fosse distante o bastante para não poderem se tocar. Trocavam olhares apaixonados, tremiam ao som da voz do outro, suspiravam em sonhos acordados. Anos sonhando com aquele que seria o encontro de suas vidas, mas que jamais aconteceu. Talvez tenham se perdido entre uma história e outra, mas sempre voltam a se olhar, de longe e com o mesmo desejo de sempre, porque têm a mesma alma, só nasceram em lugares diferentes.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Olha que mensagem linda do Roberto Shinyashiki( QUEM QUISER SEGUIR ELE VALE A PENA SÓ PASSA PENSAMENTOS POSITIVOS ) , incentivando as pes...